Segui por Email

sábado, 3 de julho de 2010

Cabeça inchando e coração se esvaziando


Posto abaixo o belo texto do Pr Cassio Castelo

Cabeça inchando e coração se esvaziando


Que coisa! Não deveria ser assim.

Sou extremamente a favor da busca do conhecimento, pois é bíblico (Cl 1.9-10; 2 Ped 3.18) e nos ajuda a lidar contra o fanatismo. Acho até que demoramos para acordar e darmos ao conhecimento o devido valor que merece.
Demorou para entendermos que ele – o conhecimento - o inimigo da espiritualidade para muitos, poderia nos ajudar a sermos espirituais. Demorou para entendermos que é a falta de conhecimento que nos induz a errar e a reproduzir o erro. Demorou para entendermos que a letra que o apóstolo São Paulo fala que mata, não é o estudo, mas a lei mosaica. Por falta do conhecimento, demorou para entendermos que a expressão o cair é do homem e o levantar é de Deus, que muitas pessoas dizem que a Bíblia diz, a Bíblia não diz. E que a tristeza que diante dele salta de prazer, que muitos dizem ser Jesus é o leviatã.
È isso ai, é ele - conhecimento – que nos proporciona uma libertação e nos faz enxergar as coisas com clareza. Na vida espiritual, precisamos conhecer para nos livrarmos de todas as amarras de Satanás. Amarras essas que têm penetrado nas igrejas através de coisas falsas, como falsos mestres, falsos ensinos, falsa teologia, etc.
AGORA, como salvos em Cristo Jesus não podemos utilizar o conhecimento como arma contra os irmãos em Cristo, não podemos inchar a cabeça ( ICO 8.1b) e esvaziar o coração. Uma cabeça inchada com um coração vazio é igual um sino sem som. O conhecimento é bom, mas não pode estar desprovido de amor, os dois devem andar de mãos unidas. Quando o conhecimento resolve andar sozinho é um perigo, porque ele tende a se ensoberbecer, ficar arrogante, achar que só ele é bom, e o pior de tudo é que ele acha que só ele é certo e começa a ver defeito em tudo e em todos. Só Deus para dar graça!
Paulo tinha razão, o conhecimento incha, mas o amor edifica (Ico 8.1). É assim mesmo, quem ama não usa o conhecimento como arma para destruir o seu irmão. A nossa luta não é contra a carne e o sangue, mas contra as potestades e o príncipe das trevas (Ef 6.12). Defender a fé e defender o evangelho não é a mesma coisa que ficar brigando com os irmãos por bobeiras, procurando coisa onde não tem, só para mostrar conhecimento. Muitas intrigas têm proporcionado um prejuízo enorme para o reino de Deus. Quantas pessoas utilizando nomes de outras fazem a critica, jogam as penas sobre um monte sem se preocupar se depois terá como reuni-las. Parece que a nossa luta mudou! Já não é contra a potestade, mas contra o irmão. È bem verdade que se tal pessoa criticada realmente estiver sendo utilizada pelo adversário, distorcendo a palavra de Deus e fazendo com que as pessoas se desviem da fé. Tal pessoa deve ser combatida, para não trazer prejuízo a igreja de Cristo. Neste caso, nada mais justo do que defendermos a verdade, a fé. Caso contrario, melhor do que ficar brigando com os irmãos - por bobeira só para mostrar conhecimento - é ganhar almas, ao invés de ficar perdendo tempo brigando, vamos ganhar almas para Jesus! Devemos usar o conhecimento a sabedoria para ganhar almas, aliás, a maior prova de sabedoria é ganhar uma alma para Jesus, pois a bíblia diz que o fruto do justo é árvore de vida e o que ganha alma sábio é (PV 11.30).
Usemos o conhecimento, mas com amor. Devemos tomar cuidado com o que falamos e com o que escrevemos.
Cuidado!!! Com o que você escreve e com o que você fala.

Deus abençoe!

http://cassiocastelo.blogspot.com

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

ISET © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO